O Sopro do Gjallarhorn: o primeiro romance sci-fi ambientado no sistema TRAPPIST-1

Pois é. Esse negócio de escrever só roteiros de quadrinhos já está meio enchendo o saco. Resolvi, então, começar a arriscar na área de literatura de ficção científica, um de meus temas favoritos. E a melhor parte? Eu não dependo de desenhista! Ou seja, só posso culpar a mim mesmo pelos atrasos. Mas vamos lá, quero falar um pouco sobre esse meu novo projeto para ver se vocês se interessam.

Já fazia algum tempo que eu estava com essa vontade escrever um livro de sci-fi. Fui anotando ideias, pesquisando… até que chegou o ponto de responder à pergunta “onde vou ambientar essa história?”. Mais ou menos na mesma época, a NASA anunciou a descoberta do sistema TRAPPIST-1, com sete planetas habitáveis. Pareceu perfeito. Comecei a pesquisar mais e mais e a pirar em cima dessa ideia. Quando percebi, já havia escrito 20 páginas de word só de background para a história.

A ideia de misturar com mitologia nórdica veio quando me deparei com o dilema de dar nomes aos planetas. Em nosso sistema, os planetas receberam os nomes dos deuses romanos. Para mudar um pouco o disco, decidi dar a eles então os nomes dos mundos da mitologia nórdica. A partir daí, as ideias afloraram. E estes nomes, na história, não acontecem por acaso. Haverá todo um “porquê” da mitologia nórdica estar enraizada na cultura daqueles planetas, em especial, Midgard, o quarto e principal planeta da trama.

Mas muito bem, do quê se trata a história? Serão, a princípio, três histórias principais: os astronautas da Terra que descobrem um meio de ir até TRAPPIST-1. O círculo político de Midgard que está na eminência de uma guerra mundial. E três aventureiros de Midgard que estão atrás de um poderoso artefato chamado Gjallarhorn. Estas três histórias eventualmente se entrelaçarão e acabarão por decidir o destino do sistema e talvez de toda a galáxia.

Acho interessante dar rostos aos personagens para que o leitor se familiarize com os personagens, apesar de haver a descrição da maioria deles no texto. De qualquer forma, dê uma conferida no “elenco”:

Os Astronautas:

Tyrees Allen como “Neil Hawking”

Liza Lapira como “Ângela Ynn”

 

Sonequa Martin-Green como “Ellen Connor”

 

Chris Hemsworth como “Jason Jones”

Sara Gilbert como “Betty Winkle”

Dylan Taylor como “Kevin Smith”

 

O Círculo Político de Midgard:

Brian Cox como “Rei Bolthorn”

Shohreh Aghdashloo  como “Rainha Frigga”

 

Dominic Cooper como “Conselheiro Loki”

 

Condola Rashad como “Conselheira Svava”

John Hurt como “Kvásir”

Jack O’Connell como “Frey”

Jennifer Lawrance como “Freya”

Os Três Aventureiros:

Rachel McAdams como “Kara”

 

Randy Couture como “Tyr”

Paul Bettany como “Uller” (voz)

 

O livro está em andamento e estou publicando um capítulo por semana no Wattpad, a rede social para leitores e escritores, que é perfeita para isso, pois permite que os leitores leiam e façam comentários, o que ajuda muito nessa fase do projeto. Cliquem aqui para acompanhar e não esqueçam de me seguir lá, votar nos capítulos e comentar. Conto com o apoio de vocês, valeu!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: